A satisfação no trabalho varia de pessoa para pessoa, afinal, o conceito de felicidade é muito subjetivo. Ainda assim, nos últimos tempos, esse tema vem sendo bastante debatido, afinal, é fundamental existir bem-estar entre colaboradores para que eles possam produzir. E conseguir promover isso, é um verdadeiro desafio para a maioria das empresas.

Colaboradores que afirmam ter satisfação no trabalho apresentam um melhor desempenho e ainda permanecem por muito mais tempo em seus empregos. Dessa forma, a rotatividade na empresa é diminuída, o que é positivo para o empreendedor. Existem algumas ações que ajudam a ampliar a satisfação do funcionário no ambiente de trabalho.

Entenda a importância de promover a satisfação no trabalho e o como você pode fazer isso.

A importância da satisfação no trabalho

É muito importante que o seu colaborador tenha satisfação no trabalho, pois isso o ajuda a entregar sempre o seu máximo. Além disso, essa satisfação é um indicador forte do seu bem-estar individual geral, e também das intenções ou decisões dos funcionários de deixar o emprego.

Na perspectiva do empregador, quando ele proporciona satisfação no trabalho para os seus funcionários, há um aumento da sua contribuição para a empresa. Existe também uma queda nos atritos entre ele e os funcionários e também dos colaboradores entre si. E tudo isso faz com que a empresa cresça.

Para o funcionário, a satisfação no trabalho está relacionada a fatores como ganhar um bom salário e ter estabilidade. Além disso, é importante ter um plano de carreira, para que ele não fique estagnado, e que ele receba recompensas pelo bom serviço. Outro fator importante é receber reconhecimento por suas ações.

O que pode auxiliar

O que pode auxiliar

Para promover a satisfação no trabalho, para os colaboradores de uma empresa, é preciso mensurar esse dado e estabelecer estratégias baseadas neles. Mas como mensurar algo que é tão abstrato? Existem alguns indicadores que ajudam os empregadores a avaliar de forma concreta o nível de contentamento da sua equipe. Conheças os principais.

Índice de Satisfação dos Funcionários (ESI)

Muitos profissionais de RH tentam avaliar a satisfação no trabalho apenas com dados qualitativos, mas isso não é indicado. O ESI avalia o contentamento dos colaboradores com o seu local de trabalho e as suas atividades. Ele é feito através de 3 perguntas que comparam as expectativas iniciais do colaborador com o seu nível de satisfação atual. As perguntas são:

  • Quão satisfeitoatório você está com seu local de trabalho atual?
  • O quanto seu local de trabalho atual satisfaz suas expectativas?
  • Quão próximo é seu local de trabalho atual do ideal?

Essas perguntas são respondidas através de notas que variam entre 1 e 10. Em seguida, essas notas são levadas para a seguinte fórmula:

{[(Soma de todas as respostas ÷ 3) – 1] ÷ 9} x 100

O resultado vai variar entre 0 e 100 e os números mais elevados indicam uma maior satisfação no trabalho. Se o ESI foi menor que 66 pontos, significa que está na hora de revisar os benefícios e programas que fazem parte da empresa.

Fator de Absenteísmo

Essa fórmula é um excelente indicador para medir a satisfação no trabalho, já que ela mensura as faltas dos empregados. Funcionários insatisfeitos tendem a faltar mais no emprego. O cálculo dá origem ao fator Bradford, que é o índice que define o quanto as constantes faltas de um emprego prejudicam a empresa e seus próprios colegas de trabalho.

Para identificar esse fator é preciso obter a frequência de faltas de um empregado (F) e o número total de dias ausentes (D). A fórmula utilizada é a seguinte:

Fator de Bradford = F x F x D

Essa pesquisa é aplicada individualmente e leva em consideração um período de 1 ano de atividade do funcionário da empresa. O limite máximo aceitável para esse valor é de 250. Acima disso, é preciso chamar o colaborador para conversar sobre o assunto e descobrir o que está o desmotivando. Se o valor passar de 450, já é considerado elevadíssimo.

Taxa de Churn dos Empregados

A taxa de Churn dos Empregados, também chamada de cálculo de Turnover, calcula o nível de rotatividade dos colaboradores. Ela é utilizada porque a constante saída de funcionários na empresa pode ser um péssimo sinal, o que demonstra insatisfação com a empresa e a falta de perspectivas profissionais dentro do empreendimento.

Esse cálculo é realizado com base no número total de demissões e no número médio de funcionários em determinado período, que, geralmente, corresponde a 1 ano de atividade. A fórmula utilizada é a seguinte:

Taxa de Turnover = Número total de demissões / Número médio de funcionários em determinado período.

O ideal é que essa taxa fique em torno de 5%, e se esse valor tiver mais alto, é preciso analisar com atenção o motivo dos funcionários não ficarem na empresa. Além dessas fórmulas, ainda existem outras variáveis que devem ser sempre analisadas.

Quais são os benefícios de manter um ambiente satisfatório?

Pesquisas apontam que a satisfação dos funcionários influencia positivamente, ou seja, traz benefícios para os mesmos, em relação à produtividade, à criatividade e às vendas. Algumas delas afirmam que funcionários com maior satisfação no trabalho são mais produtivos.

A satisfação no trabalho proporciona bem-estar e felicidade para os colaboradores, e o capital humano é o principal ativo de uma empresa. Por isso, é fundamental investir em seus funcionários, porque assim, você está investindo no futuro do seu negócio.

Além dos benefícios já citados, trabalhadores que possuem satisfação no trabalho, tendem a:

  • Atender melhor o cliente;
  • Evitar acidentes de trabalho;
  • Reduzir o desperdício e retrabalhos.

E a empresa ainda recebe esses benefícios:

  • Diminuição consideravelmente da rotatividade de funcionários e consequentemente, aumento na retenção de talentos;;
  • Diminuição dos custos envolvidos com o treinamento de novos colaboradores.

17 dicas de como o RH deve atuar para promover a satisfação no trabalho

17 dicas de como o RH deve atuar para promover a satisfação no trabalho

Existe uma série de ações que podem ser tomadas no dia a dia de uma empresa para trazer mais satisfação para os funcionários. Conheça agora 17 dicas de como o RH deve atuar para promover a satisfação no trabalho.

1. Comunicação

A satisfação no trabalho pode ser aumentada quando se consegue uma boa comunicação no ambiente. Essa comunicação precisa ser tanto profissional quanto pessoal e para isso, o empregador precisa se mostrar sempre acessível para seus funcionários e precisa criar um ambiente colaborador, confiável e aberto ao diálogo entre todos.

2. Cultura

A empresa precisa criar uma cultura que esteja vinculada à satisfação do funcionário. Ele precisa estar motivado para exercer as suas funções e bem orientado a respeito dos valores e metas organizacionais da empresa. Para isso, o RH precisa desenvolver uma cultura específica nesse ambiente, onde os exemplos são passados pelos maiores cargos.

3. Segurança

É imprescindível desenvolver um ambiente seguro para o funcionário poder se desenvolver e produzir. Ele precisa sentir que a empresa estabelece objetivos a longo prazo, para que ele tenha segurança em permanecer ali. Ele também precisa se sentir seguro no meio das pessoas que convive para sentir que pertence aquele lugar. Assim, é possível aumentar a sua satisfação no trabalho.

4. Liderança

Existem líderes e existem chefes. Os chefes tendem a manter uma certa distância dos trabalhadores e não os ajudam a crescer dentro de suas funções. Um líder é aquele que orienta seus colaboradores e vai junto com eles em direção à meta. Uma boa liderança é muito mais eficaz para encaminhar um negócio até os seus objetivos e ajuda a promover a satisfação no trabalho.

5. Capacitação

Se você deseja promover a satisfação no trabalho, é importante investir na capacitação do seu time. Além de todos os benefícios que isso trará para a empresa, já que funcionários capacitados produzem mais e melhor, eles se sentirão mais motivados e mais felizes em estar ofertando um serviço de qualidade.

6. Oportunidades

Oportunidades que desafiam os funcionários, através de projetos inovadores, que afastam a rotina estressante e monótona, a promover a satisfação no trabalho. O RH pode estar sempre desenvolvendo atividades como essas, assim, é muito mais fácil manter o seu colaborador satisfeito.

7. Desenvolvimento de carreira

Os planos de carreira são um dos principais pontos quando se trata de satisfação no trabalho. Exercer a mesma função sem perspectivas de crescimento é um dos maiores fatores de desmotivação no mercado de trabalho. Por isso, é muito importante que o RH desenvolva um plano de trabalho individualizado para cada funcionário.

8. Condições de trabalho

É fundamental que o trabalhador tenha condições adequadas para exercer as suas funções. Desde estrutura física até um espaço que respeita as mais variadas ideias e opiniões, ajuda a promover a satisfação no trabalho. É importante também oferecer feedbacks honestos que ajudem a agregar na carreira de cada um deles.

9. Pagamentos

Os pagamentos estão entre os principais tópicos quando se fala de satisfação no trabalho. Não adianta oferecer toda a estrutura necessária e não pagar um valor justo ao seu funcionário. Também não é possível fazer exigências como pedir para passar do horário e não recompensá-lo pagando hora extra. Essas atitudes vão minando a satisfação do colaborador.

10. Parcerias

Além dos pagamentos, os funcionários valorizam muito os benefícios corporativos oferecidos. Para isso, o RH pode investir em parcerias com restaurantes, academias, lojas, e outros estabelecimentos que ofereçam serviços que sejam apreciados pela sua equipe. É possível criar estratégias que ofereçam esses benefícios de acordo com a produção de cada colaborador.

11. Conheça cada funcionário

É muito importante conhecer os pontos fortes e os pontos fracos de cada funcionário que a sua empresa contrata. Dessa forma, o contratante consegue tirar o melhor do seu time, designando cada um para a sua tarefa de maior destaque. Com certeza, essa estratégia vai ajudar a promover a satisfação no trabalho de toda a sua equipe.

12. Saúde e bem estar

Um trabalhador cansado, doente ou estressado não consegue oferecer a sua melhor contribuição. Por isso, é muito importante valorizar a saúde e o bem estar de todos eles. Para isso, a empresa pode investir em lanches saudáveis e nutritivos e em cuidados preventivos como momentos de alongamento e relaxamento.

13. Reconhecimento

Reconhecer que um trabalho foi bem feito ajuda muito a melhorar a satisfação no trabalho. Todas as pessoas gostam de se sentir valorizadas e isso pode ser feito através de um elogio ou até mesmo de um benefício referente ao trabalho executado. Além disso, reconhecer o trabalho de alguém inspira outras pessoas a seguirem aquele exemplo.

14. Reuniões

Sempre que agendar uma reunião, verifique se ela é realmente necessária. Se as pautas já estão escritas e se todos os convocados precisam realmente estar lá. Se ela for necessária, otimize o seu tempo e torne-a produtiva. Se ela puder ser trocada por um e-mail, troque, Reuniões desnecessárias são super desmotivantes e prejudicam a satisfação no trabalho.

15. Flexibilidade

É importante promover flexibilidade no trabalho para incentivar a produção. Por isso, sempre que possível, ofereça a opção de um trabalho home office, de acordo com as possibilidades do negócio. Uma jornada de trabalho flexível ajuda o colaborador em aspectos da sua vida pessoal, o que faz com que ele trabalhe mais motivado.

16. Pausas

Agende algumas pausas para o seu funcionário ao longo do dia. Pausas curtas, mas que contribuam para que ele possa tranquilizar a mente e movimentar um pouco o corpo. Dessa forma, ele consegue se manter mais disposto ao longo do dia e, com certeza, essa atitude vai ajudar muito a promover a sua satisfação no trabalho.

17. Ambiente

Mantenha o ambiente descontraído. Para isso, utilize música de fundo e separe um local da empresa para ser o cantinho da diversão. Coloque jogos, um cafezinho, e convide a sua equipe a utilizar esse espaço. Um ambiente descontraído vai ajudar na produção da sua empresa e vai promover a satisfação no trabalho.

Agora você já sabe a importância e os benefícios que a satisfação no trabalho possui. Um empreendedor precisa investir nesse conceito para conseguir formar um time qualificado, capacitado e disposto a vestir a camisa da empresa. Funcionários motivados são os responsáveis pelos bons resultados de um negócio.

Siga essas dicas, ajude a promover a satisfação dos seus funcionários na sua empresa e garanta um time engajado e feliz por ajudar a sua empresa a crescer.

Aproveite e continue acompanhando nosso blog para mais conteúdos como este.

× Como podemos te ajudar?